quarta-feira, 16 de junho de 2010

CADA QUAL COM O SEU PAR! BE COMFORTABLE IN YOUR SKIN! ALL THAT JAZZ********************



CADA QUAL COM SEU PAR! BE COMFORTABLE IN YOUR SKIN! ALL THAT JAZZ**********

Corpo a Corpo*



Um jogado sobre o outro,

O leito do amor escancarado

Dedos sobre os lábios, provocando

Incêndios à flor da pele

Oásis com ouro transbordando

Na noite dos nossos corpos

Como ondas no mar,

Entre os planetas de sangue,

À deriva, ao inverso do tempo,

Nadamos, voltando às origens,

Vamos renascer corpo a corpo

Da água das neves do nada

Assim, um louco pelo outro,

Com o mesmo sopro de vida,

A nudez nos desfazendo

Fio a fio até a trama

Tu me engoles no teu sol

Cravo em ti o olho da morte

Transtornados, sem memória,

Nessa luminosidade animal

O leite do mundo me adentra

O meu orvalho em ti escorre

Acercamo-nos, enfim, de ilhas

Onde queima a centelha da eternidade.

@ Renata Cordeiro*****









Um comentário:

romantic disse...

obrigada pela visita e carinho de sempre! poemas sempre deslumbrantes !