terça-feira, 6 de julho de 2010

MEU SONHO* QUE NÃO É MEU, É DA CECÍLIA* BOM DIA!!!





MEU SONHO* QUE NÃO É MEU, É DA CECÍLIA* BOM DIA!!!




Parei as águas do meu sonho

para teu rosto se mirar.

Mas só a sombra dos meus olhos

ficou por cima, a procurar...

Os pássaros da madrugada

não têm coragem de cantar,

vendo o meu sonho interminável

e a esperança do meu olhar.

Procurei-te em vão pela terra,

perto do céu, por sobre o mar.

Se não chegas nem pelo sonho,

por que insisto em te imaginar?

Quando vierem fechar meus olhos,

talvez não se deixem fechar.

Talvez pensem que o tempo volta,

e que vens, se o tempo voltar.


Cecília Meireles


Fotorkut





2 comentários:

Nilson Barcelli disse...

Excelente poema de uma excelente poetiza.
Gostei de ler.
Beijos, querida amiga.

Por toda minha Vida disse...

Bom dia, Renata.

Hoje resolvi vir até aqui, sabia que iria gostar, Cecília é uma das poetisas que mais me identifico assim como Clarice Lispector. Também para agradecer a suas visitas no meu blog, muito obrigada, fico feliz em poder trocar idéias e opiniões com pessoas inteligentes, gosto de aprender.

Beijo da Renata para a Renata