quinta-feira, 23 de setembro de 2010

TRIBUTO À PRIMAVERA/QUETENHAMOS UMA FELIZ PRIMAVERA* - A QUE NASCE E RE.NASCE NOS CORAÇÕES, EM QUALQUER ESTAÇÃO - COM AMIZADE, CARINHO, AMOR, COMPREENSÃO.







TRIBUTO À PRIMAVERA/QUE TENHAMOS UMA FELIZ PRIMAVERA* - A QUE NASCE E RE.NASCE NOS CORAÇÕES, EM QUALQUER ESTAÇÃO - COM  AMIZADE, CARINHO, AMOR, COMPREENSÃO.

Fácil trocar as palavras

Difícil interpretar os silêncios

Fácil caminhar lado a lado

Difícil saber como encontrar-se

Fácil beijar o rosto

Difícil chegar ao coração


Fácil apertar as mãos

Difícil reter o calor

Fácil sentir o amor

Difícil conter a sua torrente

Como será o interior de outra pessoa?

Quem o saberá sonhar?

A alma do outro é distinto universo

Com o qual não há comunicação possível

Com o qual não há verdadeiro entendimento

Nada sabemos da alma alheia

Sabemos da nossa e mesmo assim

A dos outros são olhares

São gestos são palavras

Com a suposição

De alguma semelhança no fundo


Desconheco o autor. Em diversos espaços é  atribuído a Fernando Pessoa, e eu tenho cá minhas dúvidas quanto a esta *atribuição*. 

Nenhum comentário: